Robô chinês identifica tumor mais rápido do que 15 médicos

Desenvolvido pelo Centro de Pesquisa de Inteligência Artificial do Beijing Tiantan Hospital, um robô conseguiu diagnosticar tumores cerebrais mais rápidos do que 15 médicos. 

O robô chinês, chamado de BioMind, acertou diagnósticos com 87% de precisão, contra 66% dos médicos que participaram da competição. E na metade do tempo: 

O robô realizou 225 diagnósticos em 15 minutos. 

Os pesquisadores utilizaram a inteligência artificial para obter mais precisão na realização dos diagnósticos de tumores cerebrais, bem como para prever a expansão de possíveis hematomas. 

Isso só foi possível graças ao machine learning. O sistema foi treinado com milhares de imagens de arquivo dos exames já realizados no hospital. Desta forma, o robô conseguiu identificar distúrbios neurológicos com a mesma precisão de um médico sênior. 

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL COMO ALIADA DOS MÉDICOS 

De acordo com Wang Yongjun, vice-presidente do Beijing Tiantan Hospital, o objetivo da competição é fazer com que os médicos entendam o poder da inteligência artificial: 

“Espero que a competição consiga mostrar aos médicos o poder da inteligência artificial, principalmente àqueles que são céticos a respeito desta tecnologia. É importante entendermos a IA e eliminar os medos que a envolvem”. 

Portanto, a tendência é que a inteligência artificial seja cada vez mais aplicada na medicina como uma aliada dos médicos, e não como uma ameaça aos profissionais e seus empregos. 

Em um país como a China, por exemplo, com mais de 1,4 bilhão de pessoas, os robôs podem atenuar problemas como as longas listas de espera para exames e consultas, em hospitais geralmente sobrecarregados. 

Com o auxílio da inteligência artificial para realizar tarefas humanamente impossíveis, como analisar milhares de imagens e identificar padrões em questão de segundos, os médicos podem se concentrar naquilo que realmente importa, como o contato com o paciente. 

MANOEL GUIMARÃES UROLOGIA 

O Dr. Manoel Guimarães é mestre e doutor em Urologia.

Para maiores informações, entre em contato pelo telefone (41) 3242-5353.

 

Fontes:

Escore de Gleason: 3 + 3 é câncer de próstata?

Tumores da próstata apresentam diferentes graus de agressividade – que são analisados de acordo com o escore de Gleason. Entenda melhor sobre o processo no artigo.

Por ser um dos tumores mais comuns entre a população masculina, diversos são os procedimentos que precisam ser feitos no paciente – incluindo o escore de Gleason, uma classificação criada por Donald Gleason, anátomo-patologista norte-americano, para diferenciar os graus de agressividade presentes nos tumores de próstata.

Essa classificação é realizada de acordo com as características das células que compõem o tumor. Portanto, as que são mais parecidas com as da próstata normal possuem grau 1; já as que destoam das células saudáveis possuem grau 5. Muitas vezes, porém, o câncer de próstata tem áreas com diferentes graus – e, essas, normalmente são classificadas a partir das duas áreas que formam a maior parte do câncer. O primeiro número é o grau mais comum do tumor e, o segundo, o menor. Portanto, caso o escore de Gleason seja de 3 + 4 = 7, significa que a maior parte do tumor é de grau 3 e, a menor, de grau 4.

Com relação à somatória 3 + 3 = 6, há evidências científicas que mostram que esse tumor não representaria um verdadeiro câncer, tanto por razões clínicas, do comportamento do tumor, quanto por aspectos estruturais, da cito-genética celular. Um artigo publicado online em junho de 2018, no Journal of Urology, mostra mais sobre esse tema atual e, de certa forma, um pouco controverso.

Os autores, do Johns Hopkins, avaliaram mais de sete mil peças anatômicas obtidas nas cirurgias realizadas entre 2005 e 2016. Em 4% dos casos, mostrou-se doença fora da próstata de uma maneira focal e, em 2,4% dos casos, de maneira não-focal. Desses, em apenas um foi notado a presença de invasão da vesícula seminal, fato que piora o prognóstico. Por conta desses resultados, os autores concluem que a doença deva, sim, continuar a ser nominada câncer.

Esteja em dia com a sua saúde! Agende uma consulta com um dos urologistas da nossa Clinica e previna-se do câncer de próstata: www.clinicabelluno.com.br | (41) 3242-5353.

Fontes: